O prazo destinado às convenções partidárias e definição sobre coligações termina na próxima quarta-feira (16), conforme determinação da Justiça Eleitoral para as Eleições 2020. O calendário eleitoral sofreu alterações devido à pandemia do novo coronavírus.

Porém, ainda há indefinições que deverão ser resolvidas na última hora em Mucuri. O fim de semana poderá ser decisivo para quem vai disputar as eleições municipais deste ano.

Nesta sexta-feira (11), o empresário Fábio da Cerâmica, que foi candidato à prefeito nas eleições de 2016 e se apresentava como pré-candidato pelo PTB ao executivo mucuriense, anunciou que abre mão de sua campanha em apoio ao candidato pelo PSB, Paulinho de Tixa.

Em um vídeo com duração aproximada de 4 minutos, Fábio recebe em seu empreendimento, Moinho de Pedra, em Itabatã, o pré-candidato pelo PSB, Paulinho de Tixa e o presidente da legenda, Silvio Matos.

A impossibilidade de sua filiação ao PTB em tempo hábil, ainda aguardando decisão judicial após dissolução do diretório municipal, sua afinidade e conhecimento com a família de Tixa, a estrutura de campanha com sessenta pré-candidatos a vereadores e sua confiança na capacidade administrativa, foram apontados como decisivos em sua escolha pelo candidato do PSB.


Veja abaixo as datas do calendário eleitoral deste ano:

16 de setembro: último dia destinado às convenções partidárias e à definição sobre coligações;

26 de setembro: prazo para registro das candidaturas;

a partir de 26 de setembro: prazo para que a Justiça Eleitoral convoque partidos e representação das emissoras de rádio e TV para elaborarem plano de mídia;

após 26 de setembro: início da propaganda eleitoral, também na internet;

27 de outubro: prazo para partidos políticos, coligações e candidatos divulgarem relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados;

15 de novembro: primeiro turno da eleição;

até 15 de dezembro: para o encaminhamento à Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos, relativamente ao primeiro turno e, onde houver, ao segundo turno das eleições;

até 18 de dezembro: será realizada a diplomação dos candidatos eleitos em todo o país, salvo nos casos em que as eleições ainda não tiverem sido realizadas.



Deixe seu Comentário